terça-feira, 18 de dezembro de 2007

voltei e lembrei

por onde anda?
foi o que pensei
vi o número
então me lembrei

minha companhia teve que esperar minha mente voltar!

maldito número
que irá me perseguir
quatro
a distância não vai impedir

o que será que estou fazendo agora sem pensar?

Um comentário:

Débora disse...

Medo
Débora

Ainda é cedo
tenho medo
arde
é tarde
bom senso
dispenso
o que prefere
me fere
loucura
cura
momento terno
eterno
não é o que sinto
minto
o seu gesto me arrebata do resto
argumente não mente
naquilo que me dói seja meu herói
no mais desonroso castigo
sigo