terça-feira, 3 de junho de 2008

atendendo ao chamado

presença
de olhos abertos, sonhando acordado, mirando estrelas sob o teto, entendendo a diferença

eminência
olhando adiante, progredindo no caminho, à luz do sol ou lua pensante, apenas a sentença

olhares
perseguem tentando identificar, como pode, aos que não sabem respeitar, me são familiares

passagens
abertas nesta tragetória, tragédia ocorre, anotando passos desta história, pela coragem

Um comentário:

Débora disse...

talvez não seja falta de respeito, talvez eles só tenham medo, mas se não houver consenso? eu serei apagada como um borrão?