quarta-feira, 16 de abril de 2008

feliz por isso

tristemente
vejo a partida
em movimento sinuoso
sério e sem olhar para trás

tristemente
colho a pista
de um segredo amoroso
que um dia fez e já não faz

Um comentário:

Débora disse...

não consigo decifrar, me devora?