terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

estarei aqui

são apenas palavras, não devemos esquecer
o que realmente importa irá permanecer
dores que trazem afeto
espero o dia para o seu resgate

afundado em machismo irei sim lhe buscar no colo
pedindo caricias e esperando que me tragas os copo
só não estou ao teu lado agora certo?
então não questione se estou me afastando pela fase

não me importa sobre mim, que desejos tenha
viva o momento que lhe darei a chave e a senha
não desligue mais e deixe dúvidas e medo pairando no ar
estarei aqui planejando seu futuro bem estar

Um comentário:

Débora disse...

Convite
Débora
toque minha poesia
escrita com tinta invisível
nos meus tempos tristes
feitas de palavras de folhas amarelas do outono que se jogam suicidas
cobrindo o chão de amarelo
hoje quero soar nos seus sonhos,
habitar sua cama
te entregar meu cheiro e minhas dores
ainda olho de longe o que ainda não vivi,
mas há tempo sempre há
pergunto aos meus olhos
quando voltarei a te ver?